Jogo chamado vida​

Estamos num jogo chamado vida. 
Cada um de nós tem uma posição, uma atividade e um tipo de vida. De quando em quando mudamos de função, adquirimos mais ou menos resistência e ferramentas para ir adiante neste jogo.
O mundo passa por uma provação. Empresas, profissionais, igrejas, governos e todas as pessoas estão diante de uma mudança de realidade. O covid 19, ou coronavírus impôs mudanças para as quais não estávamos preparados. Novas regras foram criadas da noite para o dia e estão impondo mudanças de hábitos sociais e profissionais para todos. 
Empresas estão funcionando com menos colaboradores e usando mais tecnologia. Modos de atendimento, rotinas e até mesmo a logística estão sendo alterados drasticamente. Por hora estas mudanças estão sendo razoavelmente assimiladas porém, daqui um tempo, quando o fantasma coronavírus se distanciar a realidade tomará novos rumos. Quem efetivamente não for competente, não vestir e suar a camisa, terá vida curta nas empresas. Ou seja, doravante a competência, a dedicação e a relevância serão requisitos sine qua non para a vida profissional. 
O conceito empregado e patrão terá uma nova conotação. A mocinha do caixa terá tanto valor quanto o vendedor, o professor e o médico. A nova ordem será de muita tecnologia mas ao mesmo tempo com muita valorização ao humano. A palavra, o ouvir e o respeito voltarão a ter valor. Atenção, carinho e amor serão mais comuns do que se imagina. Os maiores patrimônios serão a família, os amigos, o seu nome e a sua história.
A consciência de que somos pequenos porém uma partícula do divino deverá ser lembrada. Somos feitos de amor, somos luz e energia. Quando houver consciência disso certamente seremos melhores, mais evoluídos e estaremos, enfim, prontos para mudar de fase, para ir adiante neste jogo chamado vida. 
Quem entender isso sairá na frente e será melhor em tudo!

About the author: Admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.